sexta-feira , 24 novembro 2017

Sem fiscalização, som alto em propagandas ainda é incômodo para população fidelense Problema com som alto continua um ano após secretaria anunciar início da fiscalização pela cidade

Problema com som alto continua um ano após secretaria anunciar início da fiscalização pela cidade

Sejam carros ou moto propaganda ou motoristas que colocam música altíssima, o volume exagerado do som dos veículos que circulam por São Fidélis vem incomodando os moradores há muito tempo. Além do volume absurdo, a maioria dos condutores também não respeita as zonas consideradas sensíveis, onde não são permitidos veículos com som alto, como escolas, igrejas, órgãos públicos municipais, estaduais ou federais. Nem mesmo as publicidades da prefeitura vinculadas em veículos respeitam a legislação.

De acordo com a Lei municipal nº 1.459/2016, o limite máximo é de 55 decibéis para os anúncios, conforme as resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) e da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Em junho do ano passado, o SF Notícias publicou uma matéria na qual a Secretaria de Desenvolvimento Ambiental informou que iniciaria a fiscalização pela cidade, entretanto o problema continua um ano após a publicação.

Um vídeo enviado por um leitor mostra um veículo com som alto transitando próximo a três locais proibidos, hospital, fórum e igreja. O flagrante foi feito na tarde desta quinta (22). “Além de local proibido, tá no mínimo aí com 150 decibéis, já trabalhei com o decibelímetro, o limite legal é 55 decibéis” – afirmou o leitor.

Nossa redação questionou a prefeitura o motivo pela falta de fiscalização, mas até o fechamento dessa matéria, não obtivemos nenhuma resposta.

Fez algum registro? Mande fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (22) 99793-8976. Baixe agora o aplicativo do SFn no seu celular! https://goo.gl/w4WvaY.


Mais do SFn