Fotos: Arquivo SF Notícias

Sem receber, médicos irão suspender serviços ambulatórios e cirurgias eletivas em Itaocara Decisão do corpo clínico do município foi enviada ao prefeito e secretário de saúde

Decisão do corpo clínico do município foi enviada ao prefeito e secretário de saúde

hospital itaocara novo 1
Fotos: Marconi Kasttro – SF Notícias

Sem receber a três meses, médicos do Hospital Municipal de Itaocara irão suspender atendimentos e cirurgias no município. Em um comunicado enviado ao prefeito do município, Gelsimar Gonzaga, ao Secretário Municipal de Saúde, Ney Sayão e ao presidente da Câmera de Vereadores, o corpo clínico do hospital informa que decidiu atender apenas casos de extrema emergência, e só voltar ao atendimento normal após serem pagos todos os meses de salários atrasados.

Os serviços ambulatórios e as cirurgias eletivas serão suspensos a partir do dia 01 de dezembro. “Sabe-se que saúde é o bem mais precioso do ser humano, não podendo em hipótese alguma ser banalizado ou desrespeitado por quaisquer pessoas, muito menos, por profissionais que estão habilitados para tal função, mas trabalhar sem condições e sem previsão de pagamento, traz para todos os envolvidos uma grande insegurança e irresponsabilidade”, diz um trecho do comunicado.

Em outra parte, o comunicado lembra a deficiência do sistema ambulatorial do município. “Como é de conhecimento de todas as autoridades e municipais, o setor de emergência/urgência possui um atendimento médio de 180 (cento e oitenta) pacientes dia, devido a deficiência do sistema ambulatorial do município, que apesar de possuir postos de saúde, não atende a população com os serviços básicos, o que ocasiona um fluxo intenso de atendimento neste hospital”.

hospital itaocara novo b



Mais do SFn

SFn