terça-feira , 18 dezembro 2018
Foto: Severino Silva / Agência O Dia

Sete presos e um morto em operação contra roubo de carga no Rio Segundo o MPRJ, alguns dos denunciados guardavam produtos em casa para vender em redes sociais

Segundo o MPRJ, alguns dos denunciados guardavam produtos em casa para vender em redes sociais

Fotos: Reprodução

A Polícia Civil e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) realizaram nesta quarta (04/04) uma operação para cumprir 12 mandados de prisão preventiva contra acusados de formar organização criminosa para obter vantagens ilícitas com roubos de carga na Zona Norte do Rio.

Os 12 integrantes do grupo foram denunciados pelo MPRJ por Organização Criminosa e financiamento do tráfico de drogas. Segundo a denúncia, desde meados de 2017, eles atuavam com a facção Comando Vermelho e dividiam parte dos lucros obtidos com os roubos de carga com traficantes. Em troca, se beneficiavam do controle territorial exercido pelos criminosos nas favelas Pica-pau, Dick, Ficap e Furquim Mendes, para fazerem nestes locais o transbordo das mercadorias roubadas.

Ainda de acordo com a denúncia, os acusados davam dinheiro a agentes de segurança pública do Estado para não serem presos em flagrante. Segundo as investigações, os membros da organização criminosa possuíam funções bem dividas e especializadas.

A quadrilha controlava uma rede de distribuição dos produtos roubados, que contava com vendedores ambulantes, contratados por jornadas diárias para explorar vários pontos de venda nas imediações de estações ferroviárias do Rio. Alguns dos denunciados também guardavam produtos roubados em suas próprias residências e os vendiam nas redes sociais. Ao todo sete pessoas foram presas e uma pessoa morta por ter resistido à prisão durante a operação, na Vila Aliança.


Mais do SFn