terça-feira , 22 outubro 2019

Setembro Amarelo: ‘Caminhada pela vida’ vai reforçar prevenção ao suicídio em São Fidélis Entre 2015 e 2018, o SUS registrou aumento de 52% nos atendimentos ambulatorial e de internação relacionados à depressão no Brasil; Concentração da caminhada será em frente à Secretaria de Saúde

Entre 2015 e 2018, o SUS registrou aumento de 52% nos atendimentos ambulatorial e de internação relacionados à depressão no Brasil; Concentração da caminhada será em frente à Secretaria de Saúde

Fotos ilustrativas

Estamos no Setembro Amarelo, mês voltado para a conscientização sobre o valor da vida. Pela região, diversas atividades estão sendo realizadas com objetivo de conscientizar e prevenir, iniciativas que mudam vidas. Em São Fidélis, a importância do combate ao suicídio, será lembrada em uma ‘caminhada pela vida’, a ser realizada na próxima semana, pela Secretaria Municipal de Saúde, através do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). A concentração será em frente à Secretaria de Saúde (no SUS) do dia 25, e a saída às 8h30. Será realizada uma panfletagem e os pacientes do CAPS vão cantar algumas músicas. O encerramento será na Praça Guilherme Tito.

No Brasil, estima-se que 14,1 milhões de pessoas apresentem diagnóstico de transtornos ou sofrimentos mentais, de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2013, do Ministério da Saúde. O levantamento também aponta que 7,6% dos brasileiros de 18 anos ou mais receberam diagnóstico de depressão por profissional de saúde mental. No mundo, nos últimos 10 anos, o número de pessoas com depressão aumentou 18,4%, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

De acordo com o Ministério da Saúde, a depressão é um transtorno mental caracterizado por tristeza persistente e pela perda de interesse em atividades normalmente prazerosas. Entre os maiores obstáculos para o tratamento está o estigma social associado aos transtornos mentais. Esse fator pode contribuir para formas graves da depressão, como risco de morte.

 

Mais do SFn