sexta-feira , 22 setembro 2017

Setembro amarelo: Jovem de Cantagalo entra para a alarmante estatística de suicídios Preocupante: 32 pessoas se suicidam por dia no Brasil, ou uma a cada 45 minutos, o que faz do país o oitavo com mais suicídios do planeta

Preocupante: 32 pessoas se suicidam por dia no Brasil, ou uma a cada 45 minutos, o que faz do país o oitavo com mais suicídios do planeta

Foto: reprodução

“Parece mentira”, escreveu uma amiga de Jullye Stefany Rodrigues em um post (foto) que ela fez no Facebook horas entes de cometer suicídio dentro de sua residência no bairro São José, em Cantagalo. Ela também postou duas fotos no snapchat se preparando para o suicídio, algo parecido com jogos onlines. Segundo informações da Polícia Civil, o caso aconteceu por volta das 10h40 da manhã. O imóvel será periciado nesta tarde.

“Ninguém é culpado por um suicídio. Ele não é previsível, mas pode ser prevenido. O suicídio tem sido tabu por um longo tempo e as taxas continuam crescendo. Não falar não está ajudando. Não tratar um problema não faz com que ele desapareça. Ao contrário, apenas permite que cresça no escuro. Por isso, precisamos derrubar esse tabu”, destaca Bia Pereira, da nova/sb.

Esse mês acontece no Brasil a campanha Setembro Amarelo, onde são desenvolvidas atividades de prevenção e sensibilização incluem caminhadas, veiculação de materiais da campanha por figuras públicas que abraçam a causa e a decoração e iluminação de prédios públicos, praças e monumentos com luzes e itens amarelos.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 32 pessoas se suicidam por dia no Brasil, ou uma a cada 45 minutos, o que faz do país o oitavo com mais suicídios do planeta. Mas o problema é bem maior, por conta do silêncio da sociedade em torno do tema. Se em alguns dos países com maior incidência de suicídio a taxa está estável, no Brasil ela tem crescido.

O portal Comunica Que Muda (CQM) encontrou 1.230.197 menções sobre suicídio entre os meses de abril e maio de 2017 nas principais redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter e YouTube). Durante o período, os destaques foram os expressivos números de comentários sobre o crime virtual da Baleia Azul e a série 13 Reasons Why (Netflix), o que fez o tema alcançar seu ápice de buscas no Google dos últimos cinco anos.

O estado que concentrou a maior parte das menções nos dois meses da pesquisa foi o Rio de Janeiro, com 27,5% do total. Na sequência, São Paulo, com 17,9%, e Minas Gerais, com 9,9%. Também tiveram destaque o Pará (5,6%), o Rio Grande do Sul (5,5%) e Santa Catarina (4,8%).

No Brasil, os idosos apresentam as maiores taxas, com oito suicídios para cada 100 mil habitantes, segundo dados do Mapa da Violência. A causa mais comum, com aproximadamente 70% dos suicídios nessa fase, é a depressão, muitas vezes não diagnosticada ou tratada inadequadamente. Psicoses e abuso de drogas, principalmente o álcool, também estão entre os motivos mais frequentes.


Mais do SFn

SFn