sexta-feira , 14 dezembro 2018

Sinal analógico será desligado nesta quarta em Aperibé, Cambuci, Macuco, S.Fidélis, Pádua e cidades da região Também será desligado em Cardoso Moreira, Italva, Miracema, Nova Friburgo, São Sebastião do Alto e São José de Ubá

Também será desligado em Cardoso Moreira, Italva, Miracema, Nova Friburgo, São Sebastião do Alto e São José de Ubá

Fotos: SF Notícias

O sinal analógico será desligado nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, nos município de Aperibé, Cambuci, Campos, Cardoso Moreira, Italva, Laje do Muriaé, Macuco, Miracema, Nova Friburgo, São Fidélis, Santo Antônio de Pádua, São Sebastião do Alto, São José de Ubá, São Francisco de Itabapoana e Varre-Sai.

Após essa data, a programação dos canais abertos será transmitida apenas pelo sinal digital. Para continuar assistindo à programação, todas as residências dessas localidades precisam estar com o aparelho de televisão preparado com conversor, que pode ser embutido na TV ou externo, além de uma antena digital. Os equipamentos podem ser encontrados no varejo local e são de fácil instalação. Quem não estiver preparado para receber o sinal digital, em menos de quinze dias ficará sem ver TV.

O processo é conduzido pela Seja Digital, entidade responsável por operacionalizar a migração do sinal de TV aberta do analógico para o digital no Brasil. Criada por determinação da Anatel, a entidade tem como missão informar à população o que precisa ser feito para ter acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits com antenas digitais e conversores para as famílias de baixa renda atendidas pelo Governo Federal.

As famílias devem verificar se têm direito a receber um dos mais de 500 mil kits gratuitos, com antena digital e conversor e controle remoto. A população deve acessar o site sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para o número 147 com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos. Se o nome estiver na lista, é só escolher o dia, horário e local para retirar os equipamentos que permitem que televisores antigos tenham acesso ao sinal digital. Para tirar dúvidas, além desses canais, a população pode visitar um CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e procurar pelo ponto de apoio da Seja Digital.


Mais do SFn