segunda-feira , 23 Abril 2018

Sobe para 5 número de crianças mortas em tragédia em creche de Minas: uma professora também morreu Vigia da creche colocou fogo nas crianças e no próprio corpo: ele também morreu

Vigia da creche colocou fogo nas crianças e no próprio corpo: ele também morreu

Vigia, autor do crime

Subiu para cinco o número de crianças que morreram após terem sido queimadas em uma creche no município de Janaúba, na região Norte do Estado de Minas Gerais. Cecília Davina Gonçalves Dias e Renan Nicolas dos Santos Silva, ambos de 4 anos, estavam sendo transportados de Janaúba para Montes Claros, mas não resistiram aos ferimentos.

A professora Helley Abreu Batista, de 43 anos, que teve 90% do corpo queimado, também não resistiu. Com a morte da professora, subiu para sete o número de mortos na tragédia. Cinco crianças, uma professora e o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, que colocou fogo nas crianças e depois no próprio corpo.

De acordo com o Governo de Minas, Damião era vigia noturno desde 2008. Ele ficou de férias de julho a agosto, e ao retornar ao trabalho, no mês de setembro, alegou problema de saúde e foi afastado. Damião foi à creche nesta quinta para entregar o atestado médico e cometeu o crime.

Também morreram na creche Ana Clara Ferreira Silva, Luiz Davi Carlos Rodrigues, Juan Pablo Cruz dos Santos e Juan Miguel Soares Silva. Todos de 4 anos de idade. Outras 24 pessoas, sendo 21 crianças, seguem internadas.


Mais do SFn