sexta-feira , 2 dezembro 2016
froga-friburgo

Sobreviventes de acidente, crianças começam a prestar depoimento em Cantagalo

acidnete-onibus-escolar-
Fotos: enviadas por leitores via WhatsApp

Mais de um mês depois, crianças sobreviventes do acidente envolvendo um ônibus escolar no município de Cantagalo começaram a prestar depoimento. O acidente aconteceu na manhã do dia 02 de maio na RJ-160, na altura do bairro BNH.

As crianças estavam sendo levadas para as escolas Lameira de Andrade, Alberto Augusto Thomaz e Maria Belliene D’olival, todas municipais, quando o coletivo colidiu em um caminhão carregado de garrafas d’água que estava quebrado e parado na rodovia.

Segundo os familiares, as crianças começaram a prestar depoimento no último dia 11. Também prestaram depoimento os pais do pequeno Davi Dimas de Paula Miguel, de 10 anos, que morreu na colisão. Eles ainda não receberam indenização da prefeitura, e nem um apoio de um psicólogo. Nossa redação enviou um e-mail para a assessoria de imprensa da Prefeitura de Cantagalo no dia 23 do mês passado, mas até o momento, não recebemos uma resposta para o não pagamento da indenização.

acidente cantagaloEm uma nota divulgada no dia 10 de maio, a prefeitura informou que 37 crianças estavam no coletivo no momento do acidente, e que o ônibus, estava com toda a documentação em dia, com IPVA pago, tinha sido aprovado em vistoria veicular e que as revisões são feitas periodicamente. A prefeitura informou também que todos os assentos estavam com cinto de segurança.

A nota diz ainda que o motorista Jânio Paulo Vieira Pinho possui a habilitação exigida, e que o mesmo foi aprovado por concurso público realizado em 2014, mas não foi classificado na prova teórica, dentro do número de vagas previsto pelo Edital. Porém, ele e mais seis motoristas foram contratados por tempo temporário em um processo seletivo simplificado.

A Polícia Civil de Cantagalo informou que o laudo da perícia que apontará as causas do acidente, ainda não ficou pronto.

acidente-cantagalo-r

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *