quarta-feira , 7 dezembro 2016
quebra-molas-rj-158-7

“Solução” do DER para evitar acidentes na RJ-158, pode trazer novos problemas

quebra-molas-rj-158-g
Fotos: SF Notícias

Solução para alguns. Problema para muitos. Recentemente o Departamento de Estrada e Rodagens (DER-RJ) instalou quebra-molas na RJ-158, no trecho entre São Fidélis e Campos. Eles foram instalados na localidade de Itereré após moradores fecharem a rodovia por dois dias seguidos em protesto devido ao grande número de acidentes que ali ocorrem. Os quebra-molas vão ajudar na redução de acidentes, mas também poderão contribuir para o aumento de assaltos.

Os protestos começaram após um acidente ocorrido no dia 18 de setembro. Mãe e suas duas filhas ficaram feridas após o carro bater em uma árvore. Uma adolescente ficou presa nas ferragens e precisou ser retirada por moradores antes da chegada dos bombeiros, pois o carro pegou fogo e ficou completamente destruído. Esses acidentes são provocados por um desnível que existe naquele trecho. Ao ser questionado sobre o problema existente na pista, o DER enviou uma nota para nossa redação, informando que apenas intervenções emergenciais seriam realizadas devido a grave crise orçamentária que afeta especialmente o Estado do Rio de Janeiro.

protesto-rj-158-tO órgão disse que uma equipe seria enviada para avaliar as condições de trafegabilidade da RJ-158 e realizar os reparos necessários, incluindo tapa-buracos e limpeza de pista. Mas ao invés de retirar o desnível, o DER instalou quebra-molas para diminuir os acidentes. O problema, é que eles foram instalados em locais com altos índices de assalto.

Em 2014, quando o SF Notícias percorreu a ‘Rodovia do Medo’ e mostrou como os bandidos estavam agindo. Em muitos dos casos eles fecharam a pista com galhos e pedras, obrigaram assim os motoristas a pararem os carros. Contamos relatos de moradores que foram perseguidos pelos criminosos, pois não pararam no bloqueio montado por eles.

De lá pra cá o número de assaltos diminuiu, mas os bandidos continuam agindo na rodovia. Muitos motoristas que usam a estrada diariamente estão preocupados com a instalação dos quebra-molas, pois eles podem facilitar a ação dos criminosos.

RJ 158 FOTO VINNICIUS CREMONEZ 3“Um quebra mola, bem alto e no mesmo lugar onde aconteceram vários assaltos. Tá de brincadeira né?”, disse um morador em uma rede social. Muitos motoristas estão preferindo passar correndo pelo quebra-molas ao invés de reduzir a velocidade, com medo de serem assaltados, o que também pode causar acidentes.

Nossa redação entrou em contato com o Departamento de Estradas pedindo um posicionamento sobre a instalação dos quebra-molas, mas nossos questionamentos não foram respondidos.

SFn