segunda-feira , 21 agosto 2017

Supremo Tribunal Federal proíbe greve de policiais em todo o país STF proibiu todo tipo de paralisação de policiais de todas as carreiras, além de bombeiros e outros servidores ligados à segurança

STF proibiu todo tipo de paralisação de policiais de todas as carreiras, além de bombeiros e outros servidores ligados à segurança

Fotos: SF Notícias

Sete ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram em sessão realizada nesta quarta-feira (05/04) que é inconstitucional o direito de greve para policiais civis e servidores públicos que atuem diretamente na área de segurança pública.

Desta forma fica proibida a greve de policiais civis, federais, rodoviários federais e integrantes do Corpo de Bombeiros, entre outras carreiras ligadas diretamente à segurança pública. O direito de associação a sindicatos porém é mantido.

Ficou decidido ainda que o poder público terá a obrigação de participar de mediações criadas por entidades que representam servidores das carreiras de segurança pública para negociar interesses da categoria. A decisão deverá ser seguida por todas as instâncias da Justiça.

Greve da Polícia Civil no Rio

No último dia 27, policiais civis decidiram manter a greve que já dura mais de dois meses no Estado. As delegacias permanecem atendendo somente casos graves, como homicídio, sequestro e estupro. A categoria reivindica o pagamento do 13º salário, das horas extras e das gratificações.


Mais do SFn

SFn