Suspeitos de envolvimento com homicídio em S.Fidélis são detidos: Briga entre facções teria motivado crime; diz polícia Um dos detidos, que teria fornecido a arma usada no crime, permaneceu preso

Um dos detidos, que teria fornecido a arma usada no crime, permaneceu preso

Momento da chegada dos suspeitos na delegacia

Dois suspeitos de envolvimento com o homicídio ocorrido nesta sexta-feira (04/10) foram detidos em São Fidélis. Eles foram encontrados escondidos em uma casa durante as buscas pelo homem apontado pelas denúncias como sendo o autor dos disparos que mataram Elson Basílio Gomes Júnior, de 23 anos. O crime aconteceu por volta das 17h, na Rua Zeca Bonfim, rua de acesso ao conjunto habitacional popular (casinhas populares) da Chatuba, próximo ao escadão. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas quando os militares chegaram ao local, Elson já estava sem vida. (continua após a publicidade)

Segundo informações da Polícia Militar, um dos detidos, identificado como F.S.R.L., de 18 anos, teria fornecido a arma usada no crime. O outro detido é um menor de 16 anos, que segundo denúncias passadas para a PM, estaria no momento do crime. Ambos foram encontrados escondidos em uma residência. Eles foram encaminhados para a 141ª Delegacia Legal de São Fidélis. O menor foi liberado após prestar depoimento. Já F.S.R.L. foi autuado por envolvimento no homicídio e permaneceu preso. Ele será encaminhado para uma audiência de custódia. Ainda de acordo com a PM, denúncias apontam um homem identificado como E.C.S., de 20 anos, como sendo o autor dos disparos. Buscas foram feitas, mas ele ainda não foi encontrado. A arma usada também não foi encontrada. (continua após a publicidade)

A Polícia Militar informou ainda que uma briga entre duas facções pelo ‘domínio’ da área teria motivado o crime. O homem assassinado, que é natural de Cabo Frio e que atualmente estava residindo em São Fidélis, teria ligação com a facção atuante na comunidade do Salgueiro, no Rio. Denúncias passadas para os policiais no local do crime dão conta de que Elson teria passado alguns dias no Salgueiro e retornado nesta semana para São Fidélis. O corpo de Elson foi removido pelo rabecão do Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Campos. O crime foi registrado e segue sendo investigado na 141ª Delegacia Legal da cidade.

Mais do SFn