Tatuador é preso após escrever ‘eu sou ladrão e vacilão’ em menor suspeito de furto Vídeo foi compartilhado no WhatsApp e rapidamente viralizou

Vídeo foi compartilhado no WhatsApp e rapidamente viralizou

Fotos: reprodução

O tatuador Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, e seu vizinho, Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27 anos, foram presos acusados de tortura após Ronildo ter escrito ‘eu sou ladrão e vacilão’ na testa de um adolescente de 17 anos. Ele é acusado de tentar furtar uma bicicleta. O caso aconteceu na noite desta sexta-feira (09/06), no Centro de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

De acordo com informações da polícia, o menor estava desaparecido desde 31 de maio e os familiares o reconheceram quando receberam o vídeo que viralizou rapidamente no Whatsapp e em outras redes sociais. O vídeo foi feito e compartilhado no celular de Maycon.

Na tarde deste sábado (10/06) a juíza Inês Del Cid, da Vara Criminal de São Bernardo do Campo decretou a prisão preventiva do tatuador e do vizinho. Na internet rola uma vaquinha online para arrecadar dinheiro para a retirada de tatuagem da testa de acusado. Até o momento já foi arrecadado R$ 12.921,66, além de R$ 310.611,00 boletos pendentes.

Baixe agora o aplicativo do SFn no seu celular! https://goo.gl/w4WvaY.


Mais do SFn