Temporal com granizo e rajadas de vento de mais de 60 km/h deixa rastro de destruição em Cambuci A força do vento derrubou diversas árvores na zona urbana e rural. Parte do telhado de uma cobertura em um Jardim de infância foi carregada. Um imóvel foi destelhado

A força do vento derrubou diversas árvores na zona urbana e rural. Parte do telhado de uma cobertura em um Jardim de infância foi carregada. Um imóvel foi destelhado

Imagem do radar

Cambuci, no Noroeste Fluminense, foi o município que mais sofreu com o temporal que atingiu a região nesta quarta-feira (08/01). A “Cidade Simpatia” foi atingida por rajadas de vento que chegaram a 61,2 km/h.  A força do vento derrubou diversas árvores na zona urbana e na zona rural. Algumas delas caíram sobre a fiação elétrica. Parte de um telhado de acrílico de uma cobertura no Jardim de infância, localizado no Centro, foi carregada. Uma placa de sinalização também foi derrubada no Centro. Nas redes sociais, moradores relataram que também choveu granizo na cidade (a imagem no final da matéria mostra pequenas pedras de granizo no asfalto). Uma leitora do SF Notícias registrou um pouco do temporal e enviou um vídeo para nossa redação. O radar RainViewer mostrava fortes núcleos de chuva sobre o município por volta das 16h40, momento em que teria ocorrido a queda de granizo (imagem acima). (Continua após o vídeo)

Segundo o secretário de Defesa Civil do município, o Eduardo Werneck Paes, a área central e a localidade de Cristalina foram as mais afetadas. Nessa localidade, uma casa foi destelhada. Segundo o secretário, o imóvel não é usado como moradia, apenas como uma área de lazer pelos proprietários. Ainda de acordo com o secretário, não há, até o momento, registros de desalojados ou desabrigados. A estação do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), localizada no Campus do IFF na zona rural, registrou o acumulado de 43 milímetros. Já o pluviômetro do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), localizada no Centro, registrou apenas 13 milímetros. Moradores de cidades vizinhas também relataram quedas de árvores e destelhamento de casas durante o temporal que atingiu a região. (continua após a foto)

Mais cedo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) havia emitido um alerta de “perigo” para acumulado de chuva. O órgão alertava para chuva entre 30 a 60 mm/h ou 50 a 100 mm/dia, com risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e até transbordamentos de rios, em cidades com tais áreas de risco. Já o Centro de Previsão de Tempo e Estudo Climático (CPTEC) alertou para possibilidade de chuva localmente de forte intensidade, acompanhada de descargas elétricas, ocasionais rajadas de vento de forte intensidade e queda de granizo, como ocorreu em Cambuci. Ainda pode chover forte no estado até o fim do dia. Reveja os alertas AQUI.

Mais do SFn