quarta-feira , 26 fevereiro 2020

Temporal provoca transbordamento de córregos e inundações em Miracema e São José de Ubá Em São José de Ubá, a água arrastou uma ponte e animais na zona rural; na área urbana, ruas e casas ficaram inundadas

Em São José de Ubá, a água arrastou uma ponte e animais na zona rural; na área urbana, ruas e casas ficaram inundadas

Imagens: Defesa Civil de Miracema / Blog do Messias Lucas

Um forte temporal atingiu a zona rural dos municípios de Miracema e São José de Ubá, no Noroeste Fluminense, nesta sexta-feira (03/01). Na região de divisa entre São José de Ubá e o distrito de Paraíso do Tobias, em Miracema, um córrego transbordou e provocou inundações. A informação foi confirmada ao SF Notícias pelo coordenador da Defesa Civil no município, Claudio Martins. Segundo ele, esse córrego passa pelo distrito e deságua no Ribeirão do Bonito. A Secretaria de Defesa Civil de Miracema entrou em estado de alerta devido à previsão de mais de chuva para as próximas horas. Nas últimas 48 horas, o acumulado de chuva na área urbana foi de 64. A preocupação do órgão é com o risco de deslizamentos de terra, já que o solo está bastante encharcado. Os moradores devem ligar para o telefone 199 em caso de emergência. Ainda em relação à chuva desta sexta-feira na zona rural de Miracema, o coordenador de Defesa Civil disse que uma rua do distrito de Paraíso do Tobias, a rua do campo de futebol, amanheceu inundada neste sábado (04). (continua após o vídeo)

O temporal na divisa entre os dois municípios também causou diversos danos em São José de Ubá. Por lá, segundo o Secretário de Segurança Pública e Defesa Civil, Luiz Antônio Martins Dias, diversos córregos transbordaram na zona rural. Na área urbana, um córrego transbordou e a água chegou a entrar em casas e em uma creche. Ainda segundo ele, uma ponte que fica na estrada vicinal entre São José de Ubá e Itaperuna foi arrastada pela água. O secretário disse ainda que animais – bois e vacas – foram arrastados pela água, e que algumas localidades da zona rural ficaram isoladas. Segundo o blogueiro Messias Lucas, a água chegou a passar por cima de pontes e diversas árvores caíram em estradas vicinais. Com isso, localidades como Santo Antônio do Colosso, Inveja, Panelão e Mangueira ficam isoladas. Também houve pequenas quedas de barreira. O secretário Luiz Antônio disse ainda que nesse momento, ele, o prefeito Marcionilio Botelho Moreira, e demais secretários vão percorrer o município para fazer um levantamento dos danos.

Mais do SFn