Temporal provoca transbordamento do Rio Preto e enxurrada; parte da estrada foi carregada pela água Assim como o Rio do Colégio, que transbordou em São Fidélis, o Rio Preto também nasce na região do Parque Estadual do Desengano. Parte da estrada que liga Itereré (RJ-158) a Rio Preto foi carregada pela água

Assim como o Rio do Colégio, que transbordou em São Fidélis, o Rio Preto também nasce na região do Parque Estadual do Desengano. Parte da estrada que liga Itereré (RJ-158) a Rio Preto foi carregada pela água

A quinta-feira (21/11) é de limpeza para os moradores da localidade de Rio Preto em Campos. O rio que corta a localidade, e possui o mesmo nome, transbordou nas primeiras horas da manhã de ontem e inundou toda a localidade. A água invadiu residências e estabelecimentos comerciais. Ao SF Notícias, o coordenador da Defesa Civil de Campos, o Major Edson Pessanha, disse que alguns moradores tiveram prejuízos com perda de móveis e comerciantes com perda de mercadorias. A maior parte dos campos de pastagens foram inundados, mas de acordo com o Major, o nível do rio foi recuando durante toda noite e já voltou para sua calha normal. (continua após o vídeo)

O Major acredita que o rio tenha subido cerca de seis metros acima do nível normal para a época. Para se ter uma ideia, a água encobriu a trave de um campo de futebol que fica a uns três metros acima do rio. Segundo ele, o transbordamento do rio se deve as fortes chuvas na região da divisa de Campos, Santa Maria Madalena e São Fidélis, que também provocou o transbordamento do Rio do Colégio (reveja AQUI). O temporal também provocou transbordamentos e enxurradas em distritos de Madalena (reveja AQUI). Ainda com relação a localidade de Rio Preto, a força da água carregou parte da RJ-190, rodovia que liga Rio Preto a Itereré na RJ-158. De acordo com o Major Edson, não há passagem por este caminho. O acesso agora é feito por Santa Cruz (também na RJ-158) ou pela Tapera, pela BR-101 na saída de Campos para o Rio. Por esses dois caminhos, é preciso passar por Lagoa de Cima para chegar em Rio Preto.

Mais do SFn