quarta-feira , 26 abril 2017

Tenente passa mal, pede descanso e fica presa em quartel dos Bombeiros no RJ Corpo de Bombeiros disse que a tenente teria negado atendimento à vítima de queda de laje

Corpo de Bombeiros disse que a tenente teria negado atendimento à vítima de queda de laje

Foto: SOS Bombeiros

Uma tenente do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro foi presa no último final de semana. Segundo informações da Associação SOS Bombeiros, a tenente Melissa teria passado mal durante o plantão, e como não tinha mais condições de permanecer no trabalho, teria solicitado ajuda e pedido para ir pra casa, mas acabou sendo presa.

Ela histórico clínico de síndrome de esgotamento e tratamento de depressão (faz uso de fluoxetina, Clonazepam e imipramina uso regular). Ainda de acordo com a associação, ela ligou para o coordenador da regulação do SAMU avisando que estava passando mal, mas ele determinou que ela continuasse a trabalhar. Melissa se negou, e foi presa.

Em nota enviada para a redação do SF Notícias, a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio informou que a prisão da tenente Melissa Real foi em flagrante após a militar se recusar a realizar um atendimento à vítima de queda de laje na região de Campo Grande, e que não há qualquer relato da militar sobre falta de condições de trabalho, seja por motivo de saúde, motivo pessoal ou profissional.

A nota diz ainda que o processo de prisão obedeceu todos os ritos legais e administrativos, inclusive com oitiva de testemunhas, e que a militar passou por avaliação médica antes da detenção e nenhuma alteração foi constatada pelo profissional de saúde que fez a avaliação. O procedimento seguiu para o poder judiciário.

Na segunda-feira (09.01), após solicitação, a militar foi encaminhada para o Hospital Central Aristarcho Pessoa (HCAP) para realização de exames. Ainda de acordo com a nota, todo militar (ao entrar de serviço e a qualquer momento ao longo da jornada de trabalho) que se sentir mal deve relatar o caso ao oficial de dia, que conduzirá o mesmo para atendimento médico.



Mais do SFn

SFn