quinta-feira , 17 agosto 2017

TOP 10 – Melhores filmes de 2014

Olá leitores tudo bem? Como estão se sentindo de ano novo? Tudo novinho, né?! Esperanças, desejos, motivações… tudo renovado! Mas a primeira coluna de 2015 não vai falar sobre o futuro, e sim uma pequena retrospectiva totalmente opinativa – no caso, a minha (rs), dos 10 melhores filmes de 2014.

Confesso que esse ano fui menos ao cinema do que desejava, foi um ano de grandes mudanças e super corrido, porém, fiz um balanço de tudo que assisti e depois de quebrar muito a cuca, consegui montar o meu Top 10.

Essa listinha aí é pra você correr pra locadora ou pra internet e tentar assisti-los o mais rápido possível, porque se entrou na minha lista, é porque vale a pena. Vamos lá!!!

Fotos: Reprodução
Fotos: Reprodução

Em Décimo lugar: NOÉ – Eu adorei o filme, não estava esperando muita coisa, mas me surpreendeu. Filosofias e crenças a parte, o filme é um show de efeitos incríveis e atuações brilhantes. Com um roteiro super bem construído, o ponto principal do filme é a ambição e culpa do homem perante a um Deus, que acaba sendo punidor, por motivos óbvios, e como ele lida com suas decisões. Estamos falando de uma época e de uma narrativa que não nos permite ir muito além do que é o BEM e o MAL, não existe uma grande reflexão sobre o que leva os personagens a tomarem aquela determinada atitude, assim como muitos fanáticos religiosos, o registro pessoal de cada um é jogado fora, visto que apenas os bons e puros terão direito a salvação.

garota exemplarEm Nono lugar: GAROTA EXEMPLAR – Adoro filmes com reviravoltas, aqueles filmes que fazem a gente acreditar que esta indo por um caminho e vem o roteiro e dá uma rasteira na gente. Assim me senti com esse filme. Uma trama bem amarrada e boas interpretações faz desse pseudo suspense um longa intrigante e deliciosamente irritante. Não vou falar mais, porque quero que você tenha as mesmas surpresas que eu.

tudo por um furoEm Oitavo lugar: TUDO POR UM FURO – Ta bom, eu sei que muita gente não curte esse humor pastelão, mas eu adoro, principalmente quando o roteiro é bom, as piadas são criativas e as interpretações são tão sensacionais como nesse filme. Eu simplesmente chorei de rir, o longa é hilário – com um destaque mega especial para o momento em que o protagonista fica cego e tem que conviver com esse pequeno contratempo. Dá vontade de rir só de lembrar!

malevolaEm Sétimo lugar: MALÉVOLA – O filme consegue manter toda a essência dos contos de fadas, mas sem soluções mágicas, visto que até no mundo da fantasia existe traições, dificuldades, inveja, dor e muita angústia. Malévola é tão real como a sua vizinha, sua amiga de infância ou você mesmo. Se você gosta dos filmes do Tim Burton, dos espetáculos da Disney, de um roteiro bem elaborado e claro, da maravilhosa Angelina, Malévola é um prato cheio pra você. Nem irei mencionar a maquiagem estupenda, o figurino impecável e todo o trabalho de iluminação, trilha, edição e finalização do longa.

o lobo de wallstreetEm Sexto lugar: O LOBO DE WALL STREET – Martin Scorsese nos apresenta uma das histórias mais amorais dos Estados Unidos, o filme chega a dar uma vergonha alheia de todo o sistema financeiro imundo da bolsa de valores de Wall Street. Porém, ao mesmo tempo que nos assusta, nos mata de rir, Leonardo Di Caprio está SENSACIONAL. Super recomendado!!!

elaEm Quinto lugar: ELA – O drama parte da história curiosa de um homem que se apaixona por uma máquina. Este mote foi amplamente discutido, defendido por alguns e ridicularizado por outros, desde que o diretor e roteirista Spike Jonze anunciou o projeto à imprensa. Felizmente, o filme não se esgota nesta ideia criativa. Ele retrata as novas configurações do amor de maneira geral, e consegue transformar o relacionamento entre o escritor Theodore (Joaquin Phoenix) e o sistema operacional Samantha (Scarlett Johansson) em um dos mais belos romances que o cinema construiu no século XXI.

Caderno 3Em Quarto lugar: PRAIA DO FUTURO – Quando Wagner Moura está no elenco, pode ter certeza que vem coisa boa por aí, na minha opinião ele é o melhor ator brasileiro de todos os tempos e sempre me encanta a forma com que ele constrói seus personagens. Existem vários filmes dentro de Praia do Futuro. O início anuncia uma produção punk, com letreiros multicoloridos, trilha sonora eletrônica e imagens de motocicletas correndo pelas dunas. Logo intervém um aspecto romanesco e dramático, com a trilha sonora clássica e divisão em capítulos, marcados por títulos literários. Apesar das elipses e da mudança de tons, a história segue um rumo linear ao contar a história de um salva-vidas que não consegue salvar um turista do afogamento. Depois, transtornado, acompanha o namorado da vítima ao seu país natal, a Alemanha, abandonando a família no Brasil. Romântico, melancólico e porque não dizer “fofo”, Praia é lindo e com certeza diferente de tudo que você já viu.

ninfomaniacaEm Terceiro lugar: NINFOMANÍACA PARTES 1 e 2 – Foram muito marcantes pra mim, adoro tudo relacionado a sexualidade, fetiche, desejo e principalmente os mecanismos sociais que acabam limitando as pessoas e inibindo seus impulsos mais sórdidos. Sordidez não é bem a palavra a ser usada aqui, já vi, ouvi e li coisas bem piores e apresentada de maneira bem rala. Lars von Trier em contrapartida transforma a dor da personagem em metáforas cheias de simbolismos com um humor ácido e extremamente provocador. Um grande filme, que exige que o espectador se dispa de preconceitos e moralismos para captar a essência da história – por mais que von Trier, ainda bem, adore uma boa polêmica.

GRAND BUDAPEST HOTEL_c371.JPGEm Segundo lugar: O GRANDE HOTEL BUDAPESTE – Com uma estética envolvente e um roteiro inteligente, esse é aquele tipo de filme que nos deixa sem piscar. Me remeteu aquelas comédias antigas que emula as velhas tramas de mistério e assassinato
onde a culpa sempre era do mordomo. Detalhe especial para a direção de arte e fotografia. Assistam!

relatos selvagensEm Primeiro lugar: RELATOS SELVAGENS – O filme é simplesmente uma obra prima genial que vale muito a pena ser vista e revista! Ele é dividido por seis histórias, há um aspirante a músico que reúne todos os seus desafetos em um só lugar; uma garçonete que tem a chance de se vingar do homem que arruinou sua família; uma briga de trânsito que termina em violência; um engenheiro indignado com uma multa indevida e a burocracia sem limites; um milionário que tenta livrar o filho da cadeia após ter atropelado uma grávida; e uma noiva que descobre a traição do marido em plena de festa de casamento. Todas colocam os protagonistas a beira de um ataque de nervos, fazendo com que seus impulsos sejam aflorados e possamos acompanhar pelo buraco da fechadura a consequência disso, que surpreende em alguns casos.

Então é isso meus queridos, espero que se divirtam assistindo aos filmes e se alguém tiver mais filmes pra indicar, deixa a dica aí em baixo, to super aceitando sugestões!! Até semana que vem!!!

ultima foto

 


Mais do SFn

SFn