plataforma p53

Trabalhadores denunciam ao Sindipetro vazamentos de gás na Bacia de Campos omitidos pela Petrobras

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Sindipetro-Norte Fluminense informou por meio de nota na tarde desta quarta-feira (13/07), que os funcionários da plataforma P-53, na Bacia de Campos, denunciaram três vazamentos graves de gás, que ocorreram no mês de junho e foram omitidos pela Petrobras.

Após ser informada pelos trabalhadores, a entidade cobrou informações sobre os acidentes à área de segurança da empresa, que confirmou os vazamentos, ocorridos nos dias 12, 18 e 23. O primeiro vazamento foi em uma linha de condensado na torre de regeneração. Houve descontrole no sistema de drenagem, o que permitiu a passagem de gás na linha e, em decorrência, a linha saiu da guia na viga — que não estava fixada adequadamente.

No dia 18 de junho, ocorreu outro vazamento de gás. O início do vazamento foi ocasionado pela entrada de gás em uma bomba de transferência. E no dia 23, o vazamento de gás foi em um separador. Chegou a ser formada uma atmosfera explosiva no local.

Segundo o Sindipetro, os trabalhadores também denunciaram que se tornou comum trabalhar com equipe de operadores abaixo do número mínimo na p-53, que não existe cobertura de férias e, em caso de ausência de técnicos, não são chamados outros para recompor o efetivo. Ao mesmo tempo, segundo os trabalhadores, é rotineiro o embarque extra de supervisores e coordenadores.

Será realizada a denuncia formal do sindicato aos órgãos fiscalizadores, além da cobrança de explicações da empresa sobre estes casos e a resolução imediata das pendências de segurança na unidade.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *