sexta-feira , 15 novembro 2019

Tragédia na Catedral: Quatro mortos e quatro feridos; atirador se matou. Padre grava vídeo após ataque O ataque aconteceu após o fim da missa que havia começado às 12h15

O ataque aconteceu após o fim da missa que havia começado às 12h15

Quatro fiéis morreram e outros quatro ficaram feridos após um homem ter efetuado vários disparos dentro da Catedral Metropolitana, no Centro de Campinas, no interior de São Paulo. O ataque aconteceu após o fim da missa que havia começado às 12h15.

De acordo com informações oficiais divulgadas, o atirador entrou na Catedral por volta das 13h. Ele sentou em um dos bancos e no final da celebração efetuou os disparos. Em um vídeo, gravado após o ataque, o Padre Amauri Thomazzi diz que foram pelo menos 20 disparos.

continua após o vídeo

Durante o ataque, o Padre postou uma mensagem em seu perfil nas redes sociais, uma mensagem com um pedido de socorro; “Meu Deus nos ajude” (foto abaixo). O atirador entrou na Catedral com uma pistola e um revólver calibre 38, e se matou em frente ao altar.

Continua após a imagem

Os feridos foram socorridos por equipes do Corpo de Bombeiros e do SAMU. Eles foram levados ao Mário Gatti, Beneficência Portuguesa e Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp.

Um dos feridos é Heleno Severo Alves, de 84, que foi atingido por dois disparos nas regiões do tórax e abdômen. O estado de saúde dele é grave, e Heleno passará por cirurgia. Ele está no Hospital Mário Gatti, onde também está Jandira Prado Monteiro, de 65 anos, que teve lesões em uma das mãos e tórax, mas está fora de risco.

No Hospital de Clínicas da Unicamp está Maria de Fátima Frazão Ferreira, de 68 anos, que foi baleada em uma das pernas e o quadro de saúde dela é estável. Já no Hospital Beneficência Portuguesa está um homem, de 64 anos, que foi atingido por dois tiros de raspão. Ele já foi liberado do hospital. Outras pessoas foram atendidas e liberadas na Catedral.

Mais do SFn