Trânsito na vila dos coroados em São Fidélis, exige atenção das autoridades

Fotos: Equipe SF Notícias
Fotos: Equipe SF Notícias

O acidente ocorrido último dia 23 de abril, na Avenida Emygdio Maia Santos, no bairro Vila dos Coroados, onde uma senhora de 58 anos morreu após ser atropelada por um veículo trouxe a tona uma questão que é bastante discutida e cobrada pelos moradores de São Fidélis.

A falta de sinalização, redutores de velocidade ou radares, ao longo da via, além da irresponsabilidade daqueles que conduzem veículos em alta velocidade, são os principais fatores que estão provocando diversos acidentes na via que é uma das principais da cidade.

O trânsito intenso divide espaço com pedestres e ciclistas, pois na via existe escola, faculdade, ginásio esportivo, estabelecimentos comerciais, empresas,  posto de combustíveis e hotel, o que gera grande movimentação durante todo o dia.

Na parte da noite, o movimento de ônibus e de carros aumenta. Devido às aulas na faculdade, veículos acabam estacionando nos dois lados da avenida.

Colisão no Coroados Foto Vinnicius Cremonez 4trânsito de noite

Assim como os moradores do bairro Vila dos Coroados, representantes da faculdade já pediram ao governo municipal, a instalação de quebra-molas. Por diversas vezes foi aprovado em sessões na Câmara Municipal de São Fidélis, requerimentos pedido à instalação de quebra-molas do tipo lombada, ou radares na avenida. Os requerimentos aprovados pelos vereadores, foram enviados ao Departamento de Estradas e Rodagem (DER-RJ) de São Fidélis, mas até o momento, nada foi feito.

Mais uma vez nossa produção questionou o DER, a falta de sinalização, redutores de velocidade, como quebra-molas, e radares ao longo da via, que em nota, informou que o departamento está fazendo estudos técnicos para avaliar a possibilidade de instalação de radares ou quebra-molas nessa referida avenida.

Vídeo demostra como fica a avenida durante a noite.

 

 

 


Mais do SFn