quarta-feira , 21 novembro 2018

TRE apreende jornais com propaganda irregular a favor de Fernando Haddad na sede do Sindipetro NF Apreensão aconteceu após denúncias de propaganda eleitoral irregular

Apreensão aconteceu após denúncias de propaganda eleitoral irregular

Fotos: divulgação

Uma grande quantidade de jornal foi apreendida neste sábado (20/10) na sede do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense, o Sindipetro NF. O material foi apreendido em uma ação de fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral na sede do sindicato em Macaé.

A fiscalização aconteceu após denúncias de que havia armazenado no sindicato, material de propaganda eleitoral em favor do candidato Fernando Haddad e o Partido dos Trabalhadores (PT), e contra Jair Bolsonaro.

Segundo o relatório da fiscalização do TRE-RJ, “as notícias e matérias contidas no jornal demonstram verdadeiro abuso dos meios de comunicação social e abuso de poder econômico, vez que o confeccionado com recursos que não transitaram na conta da campanha do candidato do Partido dos Trabalhistas, além de estar armazenado em local de uso comum exposto a visitante do sindicato“.

Em nota, o sindicato disse que foi surpreendido com uma ação truculenta do TRE, e que foram apreendidos exemplares do jornal “Brasil de Fato” e do “Boletim Nascente” (periódico semanal do sindicato) que são materiais de trabalho da entidade que são distribuídos há mais de 20 anos.

Alegando propaganda eleitoral irregular, os fiscais apreenderam jornal com análise dos programas eleitorais das chapas que concorrem ao segundo turno e boletim composicional da entidade que sempre foram expressos em toda a história de nosso sindicato. Não havia cunho algum eleitoral e apenas questões de opinião. Vale registrar, ainda, que os jornais aprendidos não são fake news, muito pelo contrário, todas as matérias são assinadas e a circulação segue padrões rigorosos do jornalismo“, diz a nota do sindicato.

A nota diz ainda que “A diretoria do SindipetroNF estará a postos para todo e qualquer esclarecimento que for necessário. O Sindicato preparará, a partir de amanhã, a resposta que provará que o sindicato foi vítima do período truculento que o país vive, demonstrado pelo desrespeito do TRE“.

Fonte: redação / Macaé Notícias


Mais do SFn