terça-feira , 23 outubro 2018

Três toneladas de lixo reciclável são encontrados em usina irregular em Aperibé A localização só foi possível por conta de uma denúncia recebida pelo Linha Verde, programa do Disque Denúncia do RJ específico para crimes ambientais

A localização só foi possível por conta de uma denúncia recebida pelo Linha Verde, programa do Disque Denúncia do RJ específico para crimes ambientais

Fotos: Polícia Ambiental

Policiais Militares da Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual do Desengano encontraram esta segunda-feira (2901) uma usina de lixo reciclável funcionando de forma irregular em Aperibé. A localização só foi possível por conta de uma denúncia recebida pelo Linha Verde, programa do Disque Denúncia do RJ específico para crimes ambientais, através de seu aplicativo “Disque Denúncia RJ”.

A informação que foi repassada à 3ª UPAm, fez com que os policiais se dirigissem à RJ-116, no bairro Curva do Fagundes, onde foi constatada uma área de aproximadamente 300 m² que funcionava uma usina de lixo reciclável, contendo três toneladas de papelão e plástico amontoados, além de uma parte desse material já prensada.

Como o proprietário pelo local informou que não possuía nenhuma autorização para a realização daquela atividade, os agentes encaminharam-no à 136ª Delegacia Legal de Pádua, onde a ocorrência foi registrada com base no artigo 60 da lei de crimes ambientais (9605/98).

Importante ressaltar que qualquer crime ambiental no Estado do Rio de Janeiro pode ser denunciado através do Linha Verde, pelos telefones 2253 1177 (capital), 0300 253 1177 (interior, custo de ligação local) ou pelo aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”, onde é possível enviar fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.


Mais do SFn