sexta-feira , 22 setembro 2017

Trote: brincadeira que pode custar vidas

Corpo de Bombeiros
Fotos: Vinnicus Cremonez

O Destacamento 2/5 do Corpo de Bombeiros Militar de São Fidélis enfrenta diariamente um grande problema. As ligações falsas avisando sobre incêndios, colisões e outros tipos de ocorrências, atrapalham e prejudicam o serviço prestado pelos Bombeiros, além de congestionar as linhas impedindo que outras pessoas informem um verdadeiro acidente.

Os Militares que trabalham na sala de operações são treinados e possuem experiência para identificar quando se trata de um trote ou não, mas as vezes as ligações são tão reais, que o socorro e deslocado até o local da falsa chamada.

sala de operações foto vinnicius cremonez 2Ligações como “Minha caixa d´água está pegando fogo” e contendo xingamentos, são feitas por crianças e adolescentes. Segundo os Militares, hoje em dia já existe o “profissional do trote”, pessoas que ligam e contam uma versão que fica difícil de descobrir se é trote ou não, e além disso, deixam um numero de contato para que o Bombeiro retorne e confirme a ligação.

O Destacamento de São Fidelis recebe uma média entre oito e dez ligações por dia para socorro de vítimas, sendo que a cada cinco ligações, duas são trotes. Segundo os Militares, o numero de trotes vem caindo.

sala de operações foto vinnicius cremonez 3Durante o mês de Janeiro, o Destacamento recebeu uma ligação pedindo socorro para vítimas de uma colisão na RJ 158 na localidade conhecida como Graminha. Três viaturas foram deslocadas até o local, mas tudo não passou de um trote.

Enquanto nossa equipe estava na sala de operações, os Militares atenderam uma ligação de uma criança dizendo “Bombeiro, quer falar com minha mãe ?”. Logo em seguida o pai pegou o telefone e pediu desculpas.

Enquanto as viaturas são deslocadas para atender uma falsa ocorrência, pessoas que realmente precisão são prejudicadas por causa de uma brincadeira de mal gosto

principio de incendio em loja de roupas foto vinnicius cremonez 3Os telefones do Destacamento possuem bina, dispositivo que identifica o número da chamada, e além disso, gravam a chamada, o que pode servir de ajuda para identificar as pessoas que fazem este tipo de brincadeira.

Segundo o Art. 266 do Código Penal apresenta o seguinte: “Interromper ou perturbar o serviço telefônico” é crime e o infrator poderá incorrer em pena de detenção de um a seis meses ou multa; e o presente artigo se enquadra em  qualquer caso e vítima.

Antes de passar trote para os Bombeiros, pare e pense. Você vai estra atrapalhando o serviço de homens que trabalham 24h por dia para salvar vidas e arriscando as suas próprias vidas, além de prejudicar quem realmente estiver precisando deles.

ambula colisão no coroados foto vinnicius cremonez 2

dskorekoty queda de árvore na RJ 158 mauro de souza 2

 

 

 


Mais do SFn

SFn