Turma de 500 futuros PMs inicia formação no RJ 3 mil, que foram aprovados no concurso de 2014, serão chamados gradativamente ao longo deste ano

3 mil, que foram aprovados no concurso de 2014, serão chamados gradativamente ao longo deste ano

Fotos: PM

A Polícia Militar recebeu uma nova turma de aprovados do concurso de 2014. Nesta segunda-feira (11/3), 500 concursados, de um total de 3 mil que serão chamados gradativamente ao longo deste ano, se apresentaram no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Sulacap, Zona Oeste do Rio. Neste primeiro mês, os futuros policiais participarão de atividades de adaptação, recebendo instruções sobre regras militares.

O grupo compareceu ao Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP), onde recebeu o Registro Geral, número que identifica o soldado da corporação. Em seguida, os convocados foram levados ao CFAP, onde passarão por um curso com duração de 12 meses.

– Os futuros policiais, quase todos oriundos do ambiente civil, receberão orientações e informações disciplinares preliminares neste primeiro mês de formação, já que estão passando por um processo de adaptação – explicou o comandante do CFAP, tenente-coronel Marcelo Teixeira.

Ao longo das primeiras semanas, os alunos entrarão em contato com práticas como a Ordem Unida (movimentos de marcha), entre outras instruções reunidas no regulamento disciplinar da Polícia Militar. Os futuros praças também vão receber orientações sobre o correto preenchimento de documentos administrativos. Somente no próximo mês, passarão a usar a farda da corporação. As disciplinas que constam na grade curricular também começam a ser ministradas no segundo mês de formação.

Dividido em três módulos – Básico, Profissional/Jurídico e Complementar – o curso de formação de praças apresenta carga horária total de 1.437 horas/aula. Entre as disciplinas estão Língua e Comunicação e Direitos Humanos, ambas do Módulo Básico; Tiro de Defesa, Policiamento Ostensivo e Direito Penal Militar e Comum (Módulo Profissional/ Jurídico) e estágio externo (Módulo Complementar).

Acordo com a Alerj

A convocação dos concursados foi possível graças a um acordo entre o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), que se comprometeu a arcar com os salários dos PMs até o fim de 2020. O investimento é de R$ 125 milhões, para cada ano.

As verbas, que sairão do repasse de duodécimo da Alerj, serão remanejadas para a Secretaria de Polícia Militar. Os recursos são fruto de uma economia feita pelo legislativo fluminense, na ordem de R$ 370 milhões, em anos passados.


Mais do SFn