Últimas semanas com mais horas de sol: Horário de verão termina em fevereiro Horário de Verão 2018-2019 foi marcado por mudanças que causaram confusão entre os usuários de telefone celular

Horário de Verão 2018-2019 foi marcado por mudanças que causaram confusão entre os usuários de telefone celular

Foto: Reprodução

Odiado por muitos e adorado por outros, o horário de verão vai terminar no próximo mês. À 0h do terceiro domingo de fevereiro, dia 17, moradores das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste deverão atrasar os relógios em uma hora.

Até o ano de 2017, o horário de verão tinha início no terceiro domingo de outubro. Mas, atendendo a um pedido do TSE, o governo alterou o início do horário de verão em 2018, para que não coincidisse com o primeiro e o segundo turno da eleição. Portanto o horário de verão 2018/2019 foi mais curto.

No começo de outubro, o governo federal chegou a anunciar que iria adiar o início do horário para o dia 18 de novembro a pedido do Ministério da Educação que não queria prejudicar os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Entretanto o Palácio do Planalto acabou recuando e decidiu manter a data em 4 de novembro. 

O governo também chegou a discutir a validade de manter o horário de verão, já que a medida vem perdendo eficácia do ponto de vista de economia energética. Dados do Operador Nacional do Sistema (ONS) mostraram que a economia com o horário de verão em 2016/2017 foi de 159,5 milhões de reais, menos que os 162 milhões de reais da temporada 2015/2016.

A justificativa do ONS é que é a temperatura que determina o maior consumo de energia, e não a incidência da luz durante o dia. Por isso, os picos de consumo ocorrem hoje entre as 14h e as 15h, e não mais entre as 17h e as 20h.

As mudanças na data de início do horário de verão chegaram a causar confusão. No dia 15 de outubro, usuários de telefone celular da TIM, acordaram uma hora mais cedo em função de um problema do sistema da operadora que adiantou o relógio dos celulares para o horário de verão automaticamente. Na semana seguinte, mais clientes de operadoras de celular passaram pela mesma situação, em que os relógios de seus aparelhos foram adiantados de forma automática para o horário de verão.


Mais do SFn