quarta-feira , 7 dezembro 2016
acidente-1

Um ano após morte de Sebastiana, família ainda luta por justiça em São Fidélis

tropelamento 1
Local do acidente

Um ano após a morte de Sebastiana Dimas Germano, de 58 anos, a família ainda luta por justiça. Ela foi uma das quatro vítimas fatais em acidentes ocorridos em São Fidélis nos últimos dois anos.

Sebastiana e sua amiga de trabalho, Sônia Inês Cordeiro, de 51 anos, acidente coroadosforam atropeladas a poucos metros de uma fábrica de doces na Vila dos Coroados, local de trabalho das duas. As duas estavam saindo da fábrica, e com o impacto da batida, as vítimas foram arremessadas, sendo Sebastiana, para fora da pista. Sebastiana não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após atropelá-las, a condutora do veículo ainda atropelou um ciclista, o Raul Pereira, de 46 anos, um pouco mais à frente. Indignada, a família pede justiça e melhorias no trânsito do município, principalmente no bairro onde aconteceu o acidente.

“A instalação de quebra-molas que foi realizada não resolveu os problemas de ciclistas e pedestres. Resolve apenas em uma parte, o que diz respeito à velocidade. Os ciclistas e pedestres continuam a disputar vagas entre carros e motos, principalmente na antiga Rua Duque de Caxias”, disse Marcos Germano, filho de Sebastiana.

Marcos ainda lembrou-se de outro acidente, o que vitimou Nazaré Aparecida Klein, de 44 anos, que morreu atropelada por um caminhão da prefeitura do município na antiga Rua Duque de Caxias. acidente mulher 3Após o acidente ocorrido no dia 16 de novembro do ano passado, os moradores e as filhas de Nazaré fizeram manifestações, pedindo a construção de uma ciclovia, que havia sido prometida pelo então prefeito.

“Já ficou claro que precisa ser feita a tão falada ciclovia. Já tivemos outro acidente com vítima fatal também nesta avenida. Eu não consigo ver melhorias implantadas pelo poder público que facilite a ida e vinda de moradores de um dos maiores bairro da cidade de São Fidélis”, concluiu marcos.

manifestação coroados 10

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *