sexta-feira , 15 dezembro 2017

União não reconhece emergência e situação piora em São Fidélis

seca paraíba 6
Fotos: Vinnicius Cremonez

Desde junho de 2014 São Fidélis está passando pela pior seca da história do município. Já são mais de cinco mil produtores afetados com a perda da produção, perda de animais e de leite.

A zona rural e serrana do município são as mais afetadas, onde já existem propriedades sem água. A seca atingiu 80% da extensão rural.

seca sao fidelis 3No dia 30 de setembro quando a situação começou a ficar ainda mais crítica, a Prefeitura Municipal de São Fidélis decretou situação de emergência nas áreas do município afetadas pela estiagem, mas o decreto de nº 3.181, ainda não foi reconhecido pela União, e o município não recebeu ajuda seca cantagalo 3do Governo Federal e nem Estadual.

Um levantamento feito pela Cooperativa de Laticínios de São Fidélis, mostrou que mais de 300 associados foram afetados com a queda na produção de leite. O presidente da cooperativa solicitou apoio da prefeitura como máquinas seca sao fidelis 9para fazer açudes e caminhões para trasporte de rações, pois o custo é muito alto e somente é encontrado em localidades distantes. Cerca de 1.400 animais já morreram no município.

Durante a semana, nossa equipe acompanhou a Defesa Civil e o Secretario de Agricultura até seca sao fidelis 5uma das áreas mais afetadas. Propriedades de Colônia, 4º distrito de São Fidélis, já estão sem água, e todo as lavouras estão sendo perdidas.

Entre tantos produtores que estão sofrendo com a seca em Colônia, está João Batista Alvarenga, de 47 anos, que perdeu metade da lavoura de seca sao fidelis 7tomate, onde possuía três mil pés.  Após a perda e com a falta da chuva, o restante também foi se perdendo até que o produtor desistiu de continuar com a plantação.

O produtor agora colhe o que sobrou da plantação de quiabo e pimentão, mas encontra dificuldade para molhar os pés. João fez um poço no início do ano para amenizar os prejuízos com a seca, mas mesmo assim, está tendo que retirar água de um poço e jogar um outro com ajuda de bombas, e depois fazer com que a água chegue até a plantação.

seca sao fidelis 4A cada dia que passa a situação se agrava em São Fidélis, que é um dos maiores municípios em extensão territorial do estado do Rio de Janeiro.

No decreto de n° 3.181 publicado no dia 30 de setembro pelo prefeito Luiz Carlos Fernandes Fratani, o Fenemê, diz que o desastre superou a sua capacidade de gestão pública, e que seriam necessários cerca de R$ 3 Milhões de reais para realizar obras emergências e outras ações, para que possa amenizar a situação do município.

Em entrevista a nossa equipe, o secretário de agricultura de São Fidélis, Gilberto Hentzy disse que o município não está mais puxando cana de outras cidades, pois o produto ficou ainda mais caro com a seca e os produtores não possuem dinheiro para pagar. Além do preço alto, não está sendo possível encontrar cana disponível no mercado.

“Estamos esperando que venha uma ajuda do Governo Federal para que possamos amenizar a situação desses produtores. Mesmo mandando máquinas  até as propriedades, não é possível encontrara água porque o lençol freático está muito baixo. Muitos córregos da região serrana do município já secaram”, disse o secretário.

A situação do Rio Paraíba do Sul é cada vez mais crítica, e seu nível está cada vez mais baixo. Em alguns pontos é possível andar por cima de pedras que antes não apareciam.

De acordo com o Destacamento 2/5 do Corpo de Bombeiros de São Fidélis, o Rio Paraíba do Sul atingiu a marca de 0,40 centímetros nesta segunda-feira(19), na região da vara de medição.

 

seca rio 3


Mais do SFn