segunda-feira , 15 julho 2019

Vacinação contra gripe é prorrogada até cinco de junho

Fotos: Manuela Escalla
Fotos: Manuela Escalla

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe foi prorrogada até o dia cinco de junho.

A imunização terminaria nesta sexta-feira, mas o Ministério da Saúde anunciou que quer alcançar a meta de, pelo menos, 80% do público prioritário, formado por crianças entre seis meses e cinco anos de idade, gestantes, mulheres que deram à luz em até 45 dias, idosos, trabalhadores da saúde, portadores de doenças crônicas e a população do sistema prisional.

Até hoje, mais de 23 milhões de pessoas já haviam sido vacinadas em todo o país, o que representa pouco mais de 46% do público-alvo.

Nos nove estados da Amazônia Legal foram aplicadas dois milhões e 377 mil doses da vacina, o que abrange 44,17% do público prioritário. O Acre teve o menor índice de adesão da Amazônia, com 28,14% do público-alvo, seguido por Roraima, com 33,11%, e Mato Grosso, com 34,38%.

Por outro lado, o Amapá está na quarta colocação dentre os estados brasileiros que mais imunizaram, com 61,64% de adesão.

A vacina disponibilizada protege contra três subtipos do vírus da gripe. Após a vacinação, o organismo leva de duas a três semanas para criar os anticorpos de defesa. O período de maior circulação do vírus vai do final de maio até agosto. Para receber a dose é importante levar ao posto de saúde o cartão de vacinação e o documento de identificação.


Mais do SFn