segunda-feira , 24 julho 2017

Valor da taxa de incêndio surpreende contribuintes na hora do pagamento, no RJ Valor cobrado na boca do caixa era bem mais alto que o do boleto; Corpo de Bombeiros reconheceu erro

Valor cobrado na boca do caixa era bem mais alto que o do boleto; Corpo de Bombeiros reconheceu erro

Foto: Divulgação/ SF Notícias

Diversos contribuintes foram surpreendidos ao pagarem a taxa de incêndio, cobrada pelo Fundo Especial do Corpo de Bombeiros (Funesbom). Isto porque o valor do boleto era diferente na boca do caixa, a leitura do código de barras apresentou um valor bem mais alto.

Muitos chegaram a pensar que o boleto era uma fraude, mas a corporação emitiu uma nota esclarecendo o ocorrido. Segundo o Corpo de Bombeiros, o documento é oficial e deve ser pago exclusivamente no banco oficial do estado.

O CBMERJ informa que aqueles que identificarem, no ato do pagamento, divergências nos valores da cobrança de suas taxas de incêndio ou suspeitarem de fraude de boletos, podem acessar o site www.funesbom.rj.gov.br para emitir 2ª via do boleto.

Os boletos, cuja linha digitável inicia com a identificação do banco como “000” – são legítimos e foram emitidos neste modelo para os contribuintes que não possuem o CPF/CNPJ cadastrado no Funesbom. A diferente entre o valor e o efetivamente cobrado pelo banco não significa fraude. Trata-se de uma incompatibilidade de registros na base de dados do banco, especificamente para os boletos não compensáveis.



Mais do SFn

SFn