sexta-feira , 13 dezembro 2019

Valorização da vida foi tema de atividades durante o Setembro Amarelo na Escola Batista, em São Fidélis A unidade promoveu atividades artísticas, recreativas, bate-papo com uma psicóloga, além de passeatas com mensagens motivacionais

A unidade promoveu atividades artísticas, recreativas, bate-papo com uma psicóloga, além de passeatas com mensagens motivacionais

Fotos: Divulgação

Ao longo do ‘Setembro Amarelo’ a Escola Batista, em São Fidélis, promoveu diversas atividades voltadas para a prevenção do suicídio e a valorização da vida. Mais de 160 alunos, além dos 37 funcionários da unidade, abraçaram a causa. Dentro da programação foram desenvolvidas atividades artísticas, recreativas, atividades físicas com foco no cuidado da saúde mental, entre outras. Também foi promovido um bate-papo sobre o tema com a psicóloga Karen Amaral. Nesta terça-feira (01/10) o projeto foi encerrado com duas passeatas, com alunos dos turnos da manhã e da tarde. Eles percorreram algumas ruas do Centro, levando cartazes motivacionais, cantando louvores, e também distribuíram brindes com mensagens especiais. Alguns dos cartazes traziam mensagens como: “abraço grátis”; “você não está sozinho”; “não desista dos seus sonhos” e “sua vida tem valor”.

“Tivemos o cuidado de falar de forma sútil e lúdica para os alunos menores, da Educação Infantil até o quarto ano, e do quinto ao nono fizemos um trabalho mais intensivo. Levamos psicólogos, trabalhamos nas aulas de ensino religioso, com foco na questão do suicídio, mostrando estatísticas, motivos que levam a pessoa a fazer isso. E trabalhamos a importância de valorizar o outro e nós mesmos, para não ter vergonha de procurar ajuda” – ressalta a diretora Juliana Paes. Ela afirma ainda que o tema deve ser trabalhado durante todo o ano, passando aos alunos a importância de ser solidário o tempo todo.

Mais do SFn