sexta-feira , 9 dezembro 2016
caminhões prefeitura cambuci 2

Veículos da prefeitura são apreendidos durante operação do GAP em lixão de Cambuci

caminhões prefeitura cambuci 1
Fotos: Vinnicius Cremonez

Dois caminhões da Prefeitura de Cambuci foram apreendidos durante uma ação do Grupamento de Apoio a Promotoria (GAP) do Ministério Público nesta terça-feira (05/07). Os veículos estavam no lixão do município no momento em que foram apreendidos pelos policiais.

O GAP esteve no em Cambuci para cumprir uma determinação da Promotoria de Pádua para fiscalizar o lixão. De acordo com informações apuradas pelo SF Notícias, a ação aconteceu para fiscalizar o despejo irregular de lixo no município, já que a prefeitura não possui licença ambiental para usar o lixão existente devido o fim do prazo estipulado pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), sancionada em agosto de 2010. Desde o dia dois de agosto de 2014, nenhuma cidade brasileira deveria possuir lixões a céu aberto.

aterro 3Todo o lixo produzido no município de Cambuci e no Noroeste Fluminense, deveria ser enviado ao aterro sanitário construído em Pureza, distrito de São Fidélis. A obra está pronta há quase três anos, mas ainda não foi inaugurada. O Consórcio Noroeste – composto pelos prefeitos dos municípios da região – não cumpriu as determinações do Tribunal de Contas do Estado, como mostra uma matéria publicada pelo SF Notícias há uma semana.

Consórcio Noroeste não atende pedidos do TCE e aterro de Pureza permanece fechado

Os dois caminhões foram encaminhados para a 142ª Delegacia Legal de Cambuci, onde o caso foi registrado. Os veículos também foram notificados pela 4º Companhia de Polícia Militar. Um dos caminhões não possuía placa e o outro estava com documentação atrasada. Por falta de reboque, os dois foram levados para o Parque de Exposições do município, onde irão ficar retidos até que a documentação seja legalizada. O lixão de Cambuci foi periciado.

Apresentação1

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *