terça-feira , 14 agosto 2018
Fotos: Reprodução/ SF Notícias

Vereadores acompanham TCE e reprovam contas de ex-prefeito de São Fidélis Segundo o TCE, Fenemê não foi capaz de justificar o déficit deixado pelo seu governo de aproximadamente R$1.172.00,00. Gastos de R$1.709.000,00 sem os devidos registros contábeis também foram questionados

Segundo o TCE, Fenemê não foi capaz de justificar o déficit deixado pelo seu governo de aproximadamente R$1.172.00,00. Gastos de R$1.709.000,00 sem os devidos registros contábeis também foram questionados

Fotos: SF Notícias

Por maioria dos votos, a Câmara Municipal de Vereadores acompanhou o parecer do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro e rejeitou as contas de 2016 do ex-prefeito de São Fidélis, Luiz Carlos Fernandes Fratani, Fenemê.

Dos nove vereadores, seis acompanharam o parecer do TCE e do vereador Jonathas Silva de Souza, John de Efinho. Segundo o tribunal, o ex-prefeito não foi capaz de justificar o déficit deixado pelo seu governo de aproximadamente R$1.172.00,00 (um milhão cento e setenta e dois mil reais).

Gastos de R$1.709.000,00 (um milhão setecentos e nove mil reais) sem os devidos registros contábeis também foram questionados pelo relator do processo. Segundo o TCE, Fenemê, através da sua assessoria, entrou em contato via e-mail com o tribunal solicitando o cancelamento do julgamento, o que foi rejeitado.

Votação na Câmara de São Fidélis

A votação no plenário da ‘casa do povo’ era pra ter acontecido no dia 25 do mês passado, mas a comissão de finanças e orçamentos – formada pelos vereadores Oberlan Plouvier, Higor Porto e Amauri Araújo -, responsável por apreciar o parecer do Tribunal de Contas e aprová-lo ou rejeitá-lo, no prazo improrrogável de 30 dias úteis, não se manifestou.

Com isso, e seguindo o regimento interno, o presidente da Câmara, Carlos Rogério, designou um novo relator, o vereador Jonathas Silva de Souza, John de Efinho, que acompanhou o parecer do TCE.


Mais do SFn