quarta-feira , 20 novembro 2019

Vídeo: Vice-governador e presidente do DER-RJ falam sobre as obras na RJ-192 entre São Fidélis e Itaocara "Estamos fazendo as prioridades e com certeza em alguma hora ela vai ser revitalizada sim", disse o vice-governador. Presidente do DER disse que será feito um paliativo este ano e que as obras começam no início de 2020

"Estamos fazendo as prioridades e com certeza em alguma hora ela vai ser revitalizada sim", disse o vice-governador. Presidente do DER disse que será feito um paliativo este ano e que as obras começam no início de 2020

No começo de junho desse ano o Departamento de Estradas e Rodagem (DER-RJ) anunciou que iria fazer ainda em 2019 as obras de recuperação na RJ-192, rodovia que liga os municípios de São Fidélis Itaocara. Durante o anúncio feito naquele mês, o presidente do DER disse que a obra de recapeamento será com asfalto frio, e que tinha sido incluída no calendário de prioridades do departamento para este ano, o que não irá acontecer. Durante a visita do governador Wilson Witzel a Itaocara, nossa equipe conversou (veja o vídeo no final) com exclusividade com o vice-governador Cláudio Castro e com o presidente do DER, Uruan Cintra de Andrade. A situação da rodovia é tão crítica que nem o chamado tapa-buracos ameniza a situação, fato confirmado pelo presidente Uruan. “Nessa RJ, não é nem mais o caso de se tapar buracos somente. É uma obra prioritária para a região”. (continua após a foto)

A RJ-192 possui cerca de 27 quilômetros e foi considera uma das piores rodovias de todo o estado nos últimos cinco anos em uma pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e do Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest Senat). Em entrevista ao SF Notícias, o presidente do DER-RJ ressaltou a importância da RJ-192 para o escoamento de produtos hortifrutigranjeiros até a CEASA, no entrocamento com a RJ-116. “Ela é muito importante porque ela liga à CEASA, vai até Ponto Pergunta. Isso é muito importante para a gente. É importante ter a estrada muito bem, óbvio que hoje ela está num estado deplorável. Vamos tentar de todas as formas fazer agora um paliativo para em janeiro/fevereiro estarmos entrando com recapeamento”. Já o vice-governador disse que as obras na RJ-192 terão início conforme a programação do DER. “A programação do governador é que a gente possa fazer todas as estradas dentro dos quatros anos. Estamos fazendo as prioridades e com certeza em alguma hora ela vai ser revitalizada sim, vai depender da programação técnica que o próprio órgão DER fez”. Veja o vídeo com as entrevistas abaixo.

Mais do SFn